Ultrassonografia Anorretal 3D

O exame é realizado com a paciente em posição ginecológica, após um simples preparo intestinal, esvaziamento da bexiga e com as pernas semiabduzidas. Utilizando-se equipamento ultrassonográfico de última geração, são obtidas imagens através transdutor posicionado entre os lábios vaginais e complementadas por via transvaginal.

O algoritmo de exame inclui a aquisição de imagens em repouso e dinâmicas em 3D, durante a contração da musculatura pélvica e o esforço abdominal (manobra de Valsalva), com varreduras tridimensionais que geram imagens nos três planos ortogonais. Através deste método é possível avaliar a anatomia da pelve feminina incluindo a uretra, o colo vesical, a vagina, o reto e o músculo elevador do ânus.

As lesões do músculo elevador do ânus, como por exemplo, as roturas ou lacerações decorrentes de traumas durante o parto vaginal, podem ser estudadas através do emprego de cortes tomográficos de fina espessura nas imagens adquiridas durante a fase de contração. Tais recursos adicionam maior precisão e sensibilidade ao método, bem como sua reprodutibilidade e padronização.

É solicitado que se faça uma lavagem com uma solução chamada fosfosoda, via retal, 2 horas antes da ultrassonografia do assoalho pélvico transvaginal 3D.

Outras especialidades

Os melhores médicos com a melhor estrutura!