Endoscopia digestiva alta

É um exame endoscópico destinado a visualizar internamente, através de um equipamento flexível através de um sistema de vídeo, o esôfago, estômago e duodeno (intestino delgado) com o objetivo de diagnóstico ou tratamento. É realizado sob sedação anestésica e com acompanhamento do médico anestesiologista.

Alguns dos procedimentos podem ser decididos no momento do exame de acordo com necessidades como:

– Biópsia (retirada de um ou mais fragmento);

– Polipectomia (retirada de um ou mais pólipos);

– Mucosectomia (retirada de um fragmento da mucosa intestinal ou pólipos planos);

– Hidrodissecção para auxiliar a separação das camadas do intestino, permitindo ressecção completa da lesão, aumentando a margem de segurança (evitando perfurações) ou visar controle de eventual sangramento, através de cauterização com equipamento eletroeletrônico;

– Exame histopatológico, que é o exame dos pólipos ou biópsias removidos para analise por um médico patologista, podendo ser acrescentado mediante a indicação médica;

– O estudo de imuno-histoquímica para elucidação do tecido de origem de uma neoplasia morfologicamente indiferenciada;

– Determinação do órgão de origem de uma neoplasia diferenciada; subtipagem de neoplasia (linfomas);

– Pesquisa de fatores prognósticos, terapêuticos e índices proliferativos de algumas neoplasias (por exemplo, homônios);

– Identificação de estruturas, organismos e materiais secretados pelas células;
– Detecção de células neoplásicas metastáticas;

– Diferenciação entre uma proliferação celular maligna e benigna.

Outras especialidades

Os melhores médicos com a melhor estrutura!